Historia com Farinha

Antonio-Cruz-ABr-Eduardo-Cunha-e-Dilma

A Presidenta Dilma Rousseff e o ministro da Defesa, Jaques Wagner, participam da cerimônia comemorativa do Dia do Exército, no Setor Militar Urbano (Antônio Cruz/Agência Brasil)

Por Jonas Araújo

Esse não é simplesmente um confronto de duas pessoas, ou melhor, de um presidente x uma presidenta. Por trás dessas figuras públicas temos o PT x PMDB. No início do primeiro mandato do governo Dilma a principal tarefa do PT foi aproximar a bancada do PMBD do governo federal.
Para isso foram necessárias concessões que incluíam o PT abrir mão de vários projetos políticos em vários estados em favor do PMDB, entre eles podemos citar o Amazonas. O PT é um partido que ainda possui uma tradição democrática, contudo, baseado no poder econômico onde as tendências que possuem o maior número de patrocínio financeiro detêm a maioria dos cargos na direção partidária.
Já o PMDB ainda é um partido oligarca coordenado por caciques políticos que vendem decisões como um traficante negocia a expansão de seu território com seus rivais. Enfim, a aliança desse casamento foi baseada em piso muito frágil.

Entre o impechment e a cassação

O que está ocorrendo agora são os efeitos de uma “DR” em escala nacional, onde o PSDB e o DEM tentam lucrar para que possam voltar a gozar da direção do poder executivo e legislativo. Enfim, estamos vivenciando uma crise política!
Particularmente acredito que ambas as denúncias devem ser investigadas, mas enquanto cidadão, não acho correto declarar apoio irrestrito a grupo A ou B. Analisando em uma escala política o PMDB esteve presente no governo federal desde a ditadura militar até os dias atuais, o PT deu continuidade a várias políticas iniciadas no governo do PSDB, e é importante comentar que o PSDB teve como principal característica governamental a redução da máquina pública e a privatização dos serviços públicos.

Outros rumos para política brasileira

Esse cenário apresenta a urgência de novas práticas políticas baseadas em uma nação que queremos construir e não simplesmente remendar como uma colcha de retalhos. Enquanto militante da educação, da juventude e do PSOL vejo a urgência de apresentarmos rumos exequíveis à realidade antiquada que a política brasileira se encontra.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: