Historia com Farinha

logo_HProfessor Jovem Cientista PJC – Jonas Araújo Pereira Júnior
E-mail: ojuara.jonas@gmail.com
Página no facebook: Sujeito Histórico
Blog: jonasojuara.wordpress.com

Motivação para o Desenvolvimento do Projeto

Nos anos de 2013 e 2014 durante a realização dos projetos “A construção da identidade do sujeito histórico a partir da produção de vídeo documentário sobre a realidade escolar” e “A construção da identidade de sujeitos históricos a partir de atividades e dinâmicas sócio- interacionista” percebeu-se que a grande maioria dos educandos tem dificuldade em refletir sobre o espaço em que vive. Para superar essa dificuldade, esse projeto dará um enfoque mais direto sobre o espaço onde se vive. Em função de tudo isso, esperamos com esse projeto realizar o registro fotográfico do bairro Nova Floresta aos moldes dos registros etnográficos.

Objetivo Geral

Refletir sobre o poder da imagem na representação de uma realidade em um determinado tempo histórico.

Metas

Meta 1: Realizar, no primeiro bimestre, levantamento bibliográfico sobre o registro fotográfico etnográfico.
Meta 2: Aplicar, no segundo bimestre, o processo de registro das fotografias no Bairro Nova Floresta.
Meta 3: No último bimestre do projeto, realizar oficinas com toda a comunidade educativa apresentando os resultados da pesquisa.

METODOLOGIA

Visto que a pesquisa tem o objetivo de realizar o registro etnográfico do bairro Nova Floresta por meio de fotografias, utilizaremos no primeiro momento a tomada de conhecimento da bibliografia por parte dos educandos sobre a pesquisa científica. Trabalharemos com atividades e dinâmicas em todas as etapas para que os educandos e bolsistas se familiarizem com a metodologia que está sendo proposta. A ideia é que essa prática de estudo se torne corriqueira e ao mesmo tempo atraente para os estudantes. Ao fim do projeto esperamos que os educandos sejam capazes de aplicar, reconstruir e até criar registros etnográficos alinhados as habilidades, competências e conteúdos da disciplina de História.

Para atender tais expectativas iremos adotar o método de pesquisa qualitativa, pois dela faz parte a obtenção de dados descritivos mediante contato direto e interativo do pesquisador com a situação objeto de estudo. Assim, é frequente que o pesquisador procure entender os fenômenos, segundo a perspectiva dos participantes da situação estudada e, a partir daí situe suas interpretações dos fenômenos estudados. Faremos também registro fotográfico e audiovisual das nossas observações nos trabalhos de campo. Após a sistematização de todos esses dados levantados partiremos para a apresentação dos resultados na escola, bem como a elaboração do relatório a ser entregue a FAPEAM.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: