Historia com Farinha

Por Emerson Gonzaga
Comitê Estadual do Amazonas pelo Plebiscito Popular da Constituinte
Levante Popular da Juventude

Companheiros e companheiras,

“No dia 26 de setembro em Iguala, pequena cidade do estado de Guerrero, estudantes da Escuela Rural Normal de Ayotzinapa regressavam de uma atividade de arrecadação de fundos para financiar a ida à Cidade do México em uma manifestação em memória do massacre de Tlatelolco e, como de praxe, haviam conversado com motoristas de ônibus para que os levassem gratuitamente de volta à escola localizada na zona rural.
Por volta das 20h30, quando saiam da cidade em três ônibus, efetivos da polícia municipal fecharam o caminho e iniciou-se então, nos próximos 30 minutos, um brutal ataque aos ônibus dos estudantes. Alguns estudantes percebendo que dentro daquele espaço não teriam chances de sobreviver, aproveitaram o momento em que os policiais recarregavam as suas armas e decidiram sair dos ônibus, correndo em qualquer direção pelas ruas de uma cidade desconhecida.
Os estudantes que vinham no terceiro ônibus foram obrigados pelos policias municipais a descer do ônibus e subir nas caminhonetes oficias. Para onde foram levados ninguém sabe… E estão até este momento desaparecidos. O saldo dessa noite de terror foram seis mortos, cerca de 20 feridos e 43 estudantes desaparecidos.
Há dois meses em nenhum lugar do México houve silêncio. O desaparecimento dos 43 estudantes de Ayotzinapa reacendeu a indignação e mobilizou milhares de mexicanos e mexicanas às ruas em atos massivos e simbólicos. A juventude, principalmente, reconhece o seu papel central em não deixar que mais companheiros e companheiras sejam forçadamente desaparecidos/as, exigem que o Estado se posicione sobre o ocorrido dando aos familiares e aos demais repostas concretas do que realmente aconteceu, onde estão os estudantes e que os mesmos regressem com vida para suas famílias.” Mariana Dupin, militante do Levante Popular da Juventude, direto do México.

Este relato que recebemos de nossa militante que está acompanhando desde o México as manifestações que não cessam e tendem a aumentar, somado as diversas noticias que estamos acessando aqui no Brasil e ao nosso compromisso em construir em nossa organização a solidariedade internacionalista, que nos motiva a escrever esta Circular.

Nossa intenção é de o Levante protagonizar uma bela intervenção demonstrando que os estudantes no Brasil são solidários a luta dos estudantes no México. Esta deve ser uma pauta importante a todos e todas nós, nesse momento em que as lutas sociais vem se acirrando aqui e em todo o mundo de forma acelerada.

Propomos portanto uma intervenção simples e simbólica, mas que ganhe repercussão nas mídias, redes sociais e parceiros blogueiros. O passo a passo segue a baixo descrito sobre o que fazer:

1 – A data e hora da ação devem ser unitários para uniformizarmos a divulgação, alcançando um impacto nacional. Propomos dia 04/12, as 11hs.

2 – O local onde devemos fazer as ações são prioritariamente, pelo menos uma Universidade em cada estado. O que não impede que estimulemos que em outras Universidades, Institutos Federais, Escolas secundárias etc, sejam feitas, pois trata-se de intervenção simples e de fácil coordenação.

3 – Ação em si consiste em colocar em local público, em frente ao RU por exemplo, e de grande circulação da Universidade, Escola etc, 43 carteiras escolares. Em cada carteira a foto com o nome e idade de cada estudante “desaparecido”, que pode ser baixada para ser impressa aqui: (https://www.dropbox.com/sh/1e1honubowynqjj/AAATMyH2VbG-TarD5LEiqgBda?dl=0).

4 – Acompanhado desta exposição fazermos panfletagens do material que explica melhor o contexto do desaparecimento e o por que de nossa intervenção, no Anexo I. Podendo ser agregada a batucada, intervenções orais, murais de recados etc.

5 – É importante ornamentarmos bem o espaço da intervenção com muitas bandeiras do Levante, do Brasil e do México entre outras, utilizar chitas, livros etc.

6 – É igualmente importante destacar um militante ou mais responsável pela comunicação da preparação e da intervenção em si, produzindo boas fotos e imagens, para serem divulgadas nas midias em geral. No Anexo II Segue as orientações necessárias com uma proposta de reelese.emerson gonzaga

Levante em solidariedade aos 43 estudantes desaparecidos no México

O Levante Popular da Juventude, realiza hoje (04/12) em diversos estados do Brasil, nas universidades, faculdades, escolas e praças, para demonstrar nossa solidariedade aos estudantes, amigos e familiares dos 43 estudantes desaparecidos no México.

No dia 26 de setembro em Iguala, pequena cidade do estado de Guerrero, estudantes da Escuela Rural Normal de Ayotzinapa regressavam de uma atividade. Por volta das 20h30, quando saiam da cidade em três ônibus, efetivos da polícia municipal fecharam o caminho e iniciou-se então, nos próximos 30 minutos, um brutal ataque aos ônibus dos estudantes. Alguns estudantes percebendo que dentro daquele espaço não teriam chances de sobreviver, aproveitaram o momento em que os policiais recarregavam as suas armas e decidiram sair dos ônibus, correndo em qualquer direção pelas ruas de uma cidade desconhecida.

Há dois meses em nenhum lugar do México houve silêncio. O desaparecimento dos 43 estudantes de Ayotzinapa reacendeu a indignação e mobilizou milhares de mexicanos e mexicanas às ruas em atos massivos e simbólicos. A juventude, principalmente, reconhece o seu papel central em não deixar que mais companheiros e companheiras sejam forçadamente desaparecidos/as, exigem que o Estado se posicione sobre o ocorrido dando aos familiares e aos demais repostas concretas do que realmente aconteceu, onde estão os estudantes e que os mesmos regressem com vida para suas famílias.

Seguiremos solidários e em luta desde o Brasil!
Levante Popular da Juventude

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: