Historia com Farinha

Ao iniciar as aulas do pré-vestibular vamos conhecer uma forma de estudar diferente da escola convencional, nosso objetivo maior será conhecer as questões de vestibulares e aprofundar nossa capacidade de interpretação textual. O projeto “De olho no vestibular” tem como meta trabalhar as provas do ENEM e da UEA, por isso nossa primeira missão será conhecer as características dessas avaliações.

 O ENEM e a Área de Ciências Humanas

Para inicio de conversa as questões do ENEM são divididas por áreas do conhecimento, as de História estão na Área de Ciências Humanas, contudo não existem questões específicas de História. Em uma questão é cobrado conhecimentos de História e Geografia, já na outra além dessas, é adicionada conhecimentos de Sociologia, Filosofia, Atualidades ou mais. Por isso, para estudar para essa prova não basta conhecer o conteúdo de uma disciplina, é necessário saber relacionar com as outras matérias e essa capacidade é chamada de interdisciplinaridade. Outra característica das questões dessa área de conhecimento é que quase todas são puramente interpretativas o que levou essa prova a ser apelidada carinhosamente de síndrome da esfinge “Decifra-me ou te devoro”.
A vantagem desse modelo de avaliação é que não exige do candidato que “decore” todos os contextos históricos, pois eles estão presentes nas questões, contudo, o que torna difícil é que os textos são longos e exigem interpretação rápida, prática pouco comum no ensino público brasileiro. Uma dica para resolver esse modelo de avaliação é conhecer a estrutura das questões e depois dividi-la em pedaços:

Q1

Identificado a estrutura macro da questão é hora de conhecer os detalhes, para isso, recomendo os seguintes passos:

  1. 1.    Quais os assunto(s) presentes no enunciado da questão e de que forma são abordados?
  2. 2.    Identificar o comando da questão?
  3. 3.    Qual alternativa corresponde ao que foi solicitado? Justifique a sua resposta
  4. 4.    Apresente, em sua opinião, o grau de dificuldade dessa questão.

O primeiro passo é fundamental, pois na maioria das vezes o vestibulando fica tão assustado com o tamanho do texto presente na questão e acaba esquecendo que ele é na verdade uma pista para ajudar a resolver o que foi solicitado no comando da questão. Vamos analisar o exemplo a baixo:

Q2 Q3

 A UEA e as questões de História

 A estrutura da prova da UEA é mais simples do que a do ENEM, mas isso não quer dizer que seja mais fácil. Nesse vestibular o aluno é avaliado principalmente no domínio do conteúdo e de conceitos da matéria de história, por isso trabalharemos com aulas expositivas paralelas a analise de questões.

 Metodologia das aulas de história

 Em nossas aulas trabalharemos diretamente no exercício das HABILIDADES e COMPETÊNCIAS, afinal de contas é nisso que os candidatos serão avaliados no ENEM, para tanto a aula não seguirá uma linha cronológica da história, mas será baseada em eixos temáticos que iram misturar passado/presente.

 EIXO 01: FORMAS DE ORGANIZAÇÃO SOCIAL, MOVIMENTOS SOCIAIS, PENSAMENTO POLÍTICO E AÇÃO DO ESTADO.

Conteúdo:

  • Cidadania e democracia na Antiguidade;
  • Estado e direitos do cidadão a partir da Idade Moderna; democracia direta, indireta e representativa.
  • Revoluções sociais e políticas na Europa Moderna.

Objetivos específicos:

  • H07 – Identificar os significados histórico-geográficos das relações de poder entre as nações
  • H11 – Identificar registros de práticas de grupos sociais no tempo e no espaço.
  • H12 – Analisar o papel da justiça como instituição na organização das sociedades.

Anúncios

Comentários em: "ESTUDANDO HISTÓRIA PARA O ENEM E UEA" (2)

  1. Arline de Souza e Silva disse:

    Excelente roteiro, Prezado Prof Jonas, com a finalidade de orientar mais o docente, e adquirir mais entendimento, para se inscrever nestes concursos, que são procurados pelos mesmos, uma dica maravilhosa e instrutiva. Estou terminando agora, o 4º P de Direito na Fametro, e as minhas férias, são agora dia 17/12. Vou aproveitar, e vou verificar um dia, para visitar a Escola e Biblioteca “Arthur Engrácio”. E, ter o prazer e a honra em lhe conhecer, caro educador Jonas. Um fraternal abraço!!!

  2. Arline de Souza e Silva disse:

    Meus cumprimentos Prof Jonas Ojuara, no meu ponto de vista, você é muito dinâmico, em suas atividades escolares. Como você mesmo se descreveu, que o seu vício é a sala de aula. Então, o conhecimento, esta inserido em seu perfil ontológico.

    Mais uma vez,
    Um fraterno abraço!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: