Historia com Farinha

blogs.d24am.com

Na manhã do dia 03 de junho o secretário de Educação do Estado do Amazonas recebeu um grupo de professores dos mais variados distritos educacionais para um bate papo sobre educação, nessa conversa vários pontos foram tratados entre eles o REAJUSTE SALARIAL DOS PROFESSORES.

Sobre esse tema o secretário usou as seguintes palavras “A decisão tomada pela SEDUC é de que vamos mandar pra Assembléia Legislativa do Amazonas – ALE/AM  reajuste de 10%, parcelado em duas vezes para não ferir a lei de responsabilidade fiscal”.  Porém, os professores se viram surpreendidos, no amanhecer do dia 06, pelo jornal DEZ minutos, que apresenta a mesma informação da seguinte forma “ALE aprova reajuste salarias(…)os professores e pedagogos da rede estadual receberão 6,3128% referente ao mês de março(data-base), e outros, 3,69% A CONTAR DO DIA 1º DE DEZEMBRO”.

Ao tratar da média salarial dos professores o mesmo veículo de comunicação ainda afirma que fica entre R$1.073,40 e R$4.289,38, ou seja, induz o leitor a entender que esse reajuste aprovado na ALE/AM foi mais do que justo, mas não podemos esquecer-nos das entre linhas.

Filtrando a informação!

Hoje em dia os profissionais da educação da rede estadual de ensino trabalham em dois tipos de jornada: 20h e 40h. O salário de 1.073,40 é referente às 20h (somente com graduação) e o de R$4.289,38 é referente à 40h com Doutorado.

Agora pensa bem, é possível acreditar que um profissional que fez em média 4 anos de graduação, 2 anos de mestrado mais 2 anos de doutorado vai querer trabalhar 40h pra receber míseros 4.289.38? Além dessa situação a referida secretária ainda apresenta os seguintes problemas:

  • Não cumpre a lei federal da Hora de Trabalho Pedagógico – HTP,
  • Não paga auxilio alimentação,
  • Não paga vale transporte,
  • Não fornece plano de saúde,
  • Não permite que seus professores tirem licença remunerada pra fazer mestrado ou doutorado.

Em fim, já que o poder público tem condições de usar os meios de comunicação de massa pra transmitir a sua “verdade” é hora de usar dos meios de comunicação alternativos para confrontar notícias com os fatos!

Segue a lista de deputados que votaram de forma vergonhosa nesse reajuste salarial.

Josué Neto

Conceição Sampaio

Vicente Lopes

Belarmino Lins

Arthur Bisneto(filho do prefeito de Manaus)

Ricardo Nicolau

Adjunto Afonso

Wilson Lisboa

Cabo Maciel

Wanderley Dallas

Ricardo Nicolau

Abdala Fraxe

Marcos Rotta

Vera Castelo Branco

Tony Medeiros

Davi Almeida

Francisco Souza

Sidney Leite(Presidente da comissão de Educação da ALE/AM)

Chico Preto

Sinésio Campos(Líder do governo e que já foi professor)

Fausto Souza

Ricardo Nicolau

Orlando Cidade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: