Historia com Farinha


Saudações aos vestibuland@s de plantão! Atendendo a necessidade dos alunos do projeto “de olho no vestibular” estamos  realizando o Intensivão da UEA com o objetivo de revisar o conteúdo a partir das questões anteriores.
Estudando a estrutura de provas como as do ENEM e as da UEA percebi que a idéia de preparatório para os exames vestibulares baseados em macetes está chegando ao fim, no lugar disso, chegamos na era da interpretação textual, não basta saber o conteúdo é necessário decifrar o enigma da esfinge. Para compreender um pouco dessa análise acompanhe os exemplos abaixo.
 

A prova da UEA é dividia em conhecimentos gerais e específicos.
CONHECIMENTOS GERAIS
01. (UEA/2011/CG)

Outros talvez, que não tu, saberão, acredito, dar melhor vida ao bronze e tirar do mármore vívidas figuras; outros saberão melhor defender causas, melhor descrever o movimento dos céus e dos astros. Mas tu, romano, lembra-te que nascestes para impor tuas leis ao universo. Teu destino é ditar tuas condições de paz, poupar os vencidos e domar os soberbos.
(Virgílio. Eneida, século I a.C.)
Segundo o poeta Virgílio, os romanos

  1. A.      eram pacíficos nas suas relações com os vizinhos, procurando solucionar os conflitos pela diplomacia.
    B.      desconheciam as artes plásticas, como a pintura e a escultura, a retórica e a ciência da astronomia.
    C.      eram tolerantes internamente, protegendo os plebeus e proibindo a exploração da mão de obra escrava.
    D.     eram senhores de si mesmos, dominadores, livres e guiados por sentimentos de severidade e de qualidades morais.
    E.      evitavam desenvolver relações comerciais com outras cidades, temendo enfraquecer-se militarmente.
02.(UEA/2011/CG)


A idade clássica do feudo estende-se pelos séculos XI a XIII, a época feudal, e abrange toda a Europa Ocidental (…). O feudo torna-se um bem privado, concedido em troca de serviços de natureza privada. O outorgante do feudo, qualificado de senhor, é geralmente um aristocrata de alto nível. O beneficiário ou vassalo é um auxiliar de estrato nobre; os serviços devidos são essencialmente militares.
(Pierre Bonnassie. Dicionário de história medieval. Adaptado.)
A partir do texto, pode-se afirmar que

  1. A.      o feudo pertencia ao representante do poder público da região, que o outorgava segundo seus interesses.

    B.      os camponeses, também chamados de vassalos, dependiam dos suseranos, para os quais prestavam serviços.

    C.      os séculos XI a XIII foram prósperos, graças à comercialização dos feudos, o que terminou com as disputas por terras.

    D.      os nobres que controlavam o maior número de suseranos tinham chances de disputar a coroa dos países europeus.

    E.      as relações de suserania e vassalagem estabeleciam-se entre elementos da mesma camada social.

  


Infelizmente, como O SERVIÇO DE INTERNET MÓVEL na minha querida cidade É UM LIXO, não poderei disponibilizar a prova completa hoje, mas, em breve, vocês poderam baixar a versão em pdf.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: